Tamanho do texto

Corpo de Bombeiros localizou corpo de homem de 27 anos que foi arrastado pela correnteza após fortes chuvas que atingiram a cidade nesta madrugada

Chuvas intensas transbordam Córrego de Perus e causam enchentes na região
Reprodução/ Facebook
Chuvas intensas transbordam Córrego de Perus e causam enchentes na região

Um homem morreu após ser levado pela correnteza em enchente ocasionada pelas fortes chuvas que atingiram São Paulo, na madrugada desta quarta-feira (19). O corpo foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros, entre as margens e a vegetação de um córrego que transbordou na região de Perus, zona norte da cidade, nas proximidades da pedreira Pedrix.

Leia também: Tempestade alaga cidades do ABC Paulista e deixa São Paulo em estado de atenção

Segundo os bombeiros, Jefferson Gonçalves de Santos, de 27 anos, estava em casa durante as fortes chuvas,  quando percebeu que o nível da água estava subindo e decidiu tirar seu carro da garagem. Tanto o veículo quanto o homem foram arrastados pela correnteza. O corpo foi encontrado a cerca de quatro quilômetros da residência.

A região de Perus foi uma das mais afetadas pelas intensas chuvas, que tiveram início na noite dessa terça-feira. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), só a zona norte contava com dois pontos de alagamento intransitáveis durante a madrugada. Uma força-tarefa está em andamento na região, para oferecer assistência às famílias e limpar os trechos afetados.

Apesar disso, todas as regiões da cidade se mantiveram em estado de alerta das 22h51 de terça às 1h53 desta quarta , com o início da tempestade e com as rajadas de ventos, que contabilizaram 13 quedas de árvores, segundo a Defesa Civil.

Os bombeiros ainda informaram que 36 atendimentos foram realizados em razão de alagamentos e enchentes , enquanto outros 19 chamados foram só para desabamento. O CGE também informou que as chuvas foram causadas pelo calor e pela entrada da brisa marítima.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), essa terça-feira foi o dia mais quente do ano, batendo recorde de calor com o registro de 34,4°C, às 16h, no Mirante de Santana, na zona norte.

O esperado é que os próximos dias tenham características típicas de dias de verão: sol, calor e pancadas de chuva no final da tarde. Segundo previsão do Climatempo, a quarta-feira (19) conta com variação de temperatura ao longo do dia, entre 21°C e 31°C. Além das já esperadas chuvas no final da tarde e início da noite, podendo haver rajadas de vento, queda de grazino e raios.

Leia também: Bombeiros retiram escombros de avião que caiu em SP; criança segue internada

De acordo com o CGE, na quinta-feira (20) não haverá grandes mudanças de temperatura, persistindo as condições de sol e calor durante todo o dia. As temperaturas devem variar entre a mínima de 22°C e a máxima que podem superar os 34°C. A chegada de uma brisa marítima, no final da tarde, pode causar aumento de nebulosidade e de pancadas de chuvas , com trovoadas e rajadas de vento.

*Com informações da Agência Brasil.