Tamanho do texto

Autor da agressão, ocorrida nessa madrugada, ainda não foi identificado; vítima teve queimaduras de segundo grau em 25% do corpo e está internada

Morador de rua sofreu queimaduras de segundo grau após agressão em Santos (SP); polícia investiga caso
Reprodução
Morador de rua sofreu queimaduras de segundo grau após agressão em Santos (SP); polícia investiga caso

Um morador de rua de 56 anos de idade foi vítima de agressão cruel na madrugada desta terça-feira (18) em Santos, no litoral paulista. O homem teve o corpo incendiado por um indivíduo que o acusou de ter roubado um celular. A vítima sofreu queimaduras de segundo grau em 25% de seu corpo e está internada na Santa Casa de Misericórdia de Santos.

Leia também: Polícia do DF investiga casal que segurou menino de 6 anos para sofrer agressões

A agressão se deu na Avenida Pedro Lessa, no bairro Aparecida, e foi registrada em vídeo por um morador da região. As imagens mostram o agressor desferindo alguns socos no morador de rua , que ainda busca se desvencilhar enquanto o outro homem tenta acender um isqueiro junto ao corpo da vítima – que já estava encharcado com combustível.

A identidade do agressor , que aparece nas imagens usando um capacete, ainda é desconhecida. O caso foi registrado no 3º Distrito Policial de Santos, segundo as informações da TV Globo . A reportagem do iG solicitou acesso ao boletim de ocorrência, mas ainda não houve resposta por parte da Secretaria de Segurança Pública.

Leia também: Vídeo flagra momento em que homem joga menino de 5 anos no chão, em Goiânia

Segundo a Prefeitura de Santos , o morador de rua deu entrada às 7h na UPA Central da cidade, onde recebeu primeiros atendimentos antes de ser transferido para a Santa Casa de Misericórdia.

Em nota, a instituição informou que o paciente deu entrada no hospital por volta das 9h30 com quadro de queimaduras de segundo grau em cerca de 25% de área corporal. "No momento de sua admissão, [o morador de rua ] recebeu toda a assistência da equipe multiprofissional e, devido a estabilidade de seu quadro de saúde, foi encaminhado para internação em enfermaria", completa a nota.

Leia também: Megaoperação em três estados mira 59 suspeitos de envolvimento com o PCC

Veja vídeo da agressão ao morador de rua (ATENÇÃO! IMAGENS FORTES):


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.