Tamanho do texto

Bombeiros estão no local do acidente desde o início desta tarde; chamas atingiram cerca de 10 caminhões-tanque da refinaria de Manguinhos

Incêndio na Refinaria de Manguinhos atinge mais de 10 caminhões tanques
Tomaz Silva/Agência Brasil - 17.12.18
Incêndio na Refinaria de Manguinhos atinge mais de 10 caminhões tanques

Um incêndio de grandes proporções atingiu a Refinaria de Manguinhos, no Rio de Janeiro, desde o início da tarde desta segunda-feira (17). O fogo teria começado em caminhões-tanque que estavam estacionados no pátio da refinaria e pelo menos 10 veículos foram atingidos. O Corpo de Bombeiros foi acionado para o local e já conseguiu controlar o incêndio na refinaria, mas ainda não há informações sobre as causas do acidente.

Leia também: Tiroteio em praia de São Vicente mata um e deixa dois feridos; veja o vídeo 

A pista lateral da Avenida Brasil, em direção ao centro, na altura de Manguinhos, que tinha sido fechada por causa do incêndio na Refinaria de Manguinhos, já foi reaberta ao tráfego. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, a ação de equipes do Corpo de Bombeiros na avendida continua. Foi liberarada a circulação de veículos na pista lateral da via expressa. Equipes da Companhia de Engenharia de Trânsito do Rio (CET-Rio) também estão no local para orientar os motoristas.

O fogo e a fumaça preta estavam tão intensos que era possível ser visto de diversos bairros da cidade. O combate ao fogo na Refinaria de Manguinhos recebeu o reforço dos quartéis do Irajá, de São Cristóvão, de Duque de Caxias e do Alto da Boa Vista.

Já estavam trabalhando no local militares das unidades do Caju, de Benfica e do quartel central. Caminhões-tanque com água dão apoio ao trabalho dos bombeiros que, além de resfriar os depósitos de combustíveis, têm preocupação de evitar que o fogo atinja a área de mata ao redor de uma das partes da refinaria e que possa chegar até a comunidade de Manguinhos, que fica próxima.

Leia também: Alvo de operação da PM, policial se mata em batalhão do Rio antes de ser preso

A assessoria do Corpo de Bombeiros reafirmou que não houve registro de vítimas, embora, uma pessoa tenha sido atendida pelos militares por inalação de fumaça do incêndio.

Em nota divulgada esta tarde, a Refinaria de Manguinhos ( Refit ) informou que o acidente que atingiu sua área de descarga e recebimento de matéria-prima não causou vítimas. De acordo com a empresa, a rápida ação da brigada de combate a incêndio conseguiu limitar o fogo à área onde se encontravam os caminhões que descarregavam material no momento.

“A prioridade da Refit foi impedir que o fogo se alastrasse para áreas de maior risco, como as áreas de armazenagem e de produção, como determinam as normas de seu plano de combate a incêndio. O fogo, ainda que tenha se iniciado em um único caminhão, em questão de minutos atingiu as demais carretas, que se encontravam próximas ao local. Assim não havia outro procedimento a ser adotado a não ser permitir que todo o produto que existia nos caminhões se exaurisse através das chamas”.

Leia também: Marielle foi morta por milicianos por causa de grilagem de terra, diz secretário

De acordo com a Refit, a prioridade da brigada de incêndio na refinaria foi evacuar as instalações e impedir o alastramento do fogo. O incêndio foi controlado e a refinaria abrirá sindicância interna para apurar todas as causas que levaram ao incidente. “A Refit pede desculpas pelo transtorno causado e segue firme em seu compromisso com a comunidade fluminense”, concluiu a nota.