Tamanho do texto

Aeronave de pequeno porte atingiu casas e veículos logo após decolar do aeroporto Campo de Marte, na região da Casa Verde, na tarde desta sexta

Avião de pequeno porte caiu próximo à Avenida Santos Dumont, na zona norte de São Paulo
Reprodução/TV Globo
Avião de pequeno porte caiu próximo à Avenida Santos Dumont, na zona norte de São Paulo

Um avião de pequeno porte caiu sobre casas e automóveis na tarde desta sexta-feira (30), próximo ao aeroporto Campo de Marte, na zona norte de São Paulo. Duas pessoas morreram e 12 ficaram feridas, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

Leia também: Doria anuncia cúpula da Segurança em SP e garante ação "implacável" contra PCC

O avião atingiu três casas e três automóveis ao cair em área residencial na rua Antonio Nascimento Moura momentos após ter decolado, o que ocorreu às 15h55 desta tarde. Em nota, a Infraero confirmou que as duas pessoas que morreram estavam a bordo da aeronave. Já entre os feridos, cinco pessoas estavam no interior de uma das casas atingidas e outras sete estavam passando pela rua onde ocorreu o acidente. 

Três pessoas foram socorridas ao Hospital Vila Penteado e uma, para o Hospital Samaritano. Um casal foi encaminhado ao Hospital Municipal do Tatuapé. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a mulher dos dois pacientes teve queimaduras de segundo grau, mas foi medicada e recebeu alta. Já o homem também teve ferimentos de segundo grau e permanecerá internado.

Em nota, o Hospital Samaritano informou que a paciente de 8 anos apresenta queimaduras e seu estado de saúde é estável. A criança ficará internada sob observação e não tem previsão de alta.

Leia também: Polícia descobre plano do PCC para assassinar ex-secretário da Segurança de SP

Dezesseis equipes do Corpo de Bombeiros foram ao local do acidente para socorrer as vítimas e combater o incêndio provocado pela queda da aeronave. As chamas se espalharam por vários veículos estacionados próximo ao local onde caiu o avião, mas já foram controladas.

O avião deveria seguir viagem para a cidade de Jundiaí, no interior paulista, segundo confirmou a Infraero. A aeronave, no entanto, não conseguiu ganhar altitude e acabou caindo após fazer curva à direita após deixar a pista do aeroporto Campo de Marte – que chegou a suspender pousos e decolagens por uma hora após o acidente.

O avião que caiu é do modelo Cessna 210N, prefixo PR-JEE, e está registrado como propriedade de Fernando Matarazzo junto à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) na categoria de serviços aéreos privados. A aeronave tem capacidade para até cinco passageiros e foi fabricada em 1980.

O acidente será investigado pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos). Em nota, o órgão informou que investigadores já realizam a ação iInicial da ocorrência. Issorepresenta o começo do processo de investigação e tem como objetivo coletar dados, fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de testemunhas.

O Cenipa informou apenas que a conclusão da investigação "terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade do acidente" com o avião .

Leia também: Acidente com avião mata quatro em Minas e muda planos da Lava Jato em SP

Veja vídeos registrados logo após queda de avião em São Paulo











    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.