Tamanho do texto

Avião levava dinheiro para abastecer banco em Salgueiro (PE); investigada há um ano, quadrilha foi surpreendida ainda durante ação na pista do aeroporto

Agentes da Polícia Federal trocaram tiros com assaltantes em ação que deixou cinco mortos em aeroporto
Divulgação/Polícia Federal
Agentes da Polícia Federal trocaram tiros com assaltantes em ação que deixou cinco mortos em aeroporto

A Polícia Federal matou cinco criminosos, apreendeu seis fuzis e uma metralhadora de calibre .50 (com poder antiaéreo) ao impedir assalto a avião nesta quarta-feira (26), no aeroporto de Salgueiro (PE). A aeronave pertence a uma empresa de valores e transportava dinheiro para abastecer um banco da cidade pernambucana.

Leia também: Ação rápida da Polícia Militar salva criança vítima de afogamento em São Paulo

De acordo com a Polícia Federal , os criminosos invadiram a pista do aeroporto a bordo de dois carros no momento em que o avião fazia a aterrissagem. Os vigilantes dos carros-fortes que transportariam o dinheiro foram rendidos e os criminosos dispararam contra o avião, ferindo o piloto e o obrigando a parar a aeronave.

Os Policiais, no entanto, já investigavam a quadrilha responsável pela tentativa de assalto há pelo menos um ano e conseguiram intervir no momento da ação. Houve tiroteio na pista do aeroporto e cinco criminosos acabaram mortos no local. Um sexto indivíduo foi ferido e socorrido a hospital da região. Quatro outros integrantes da quadrilha foram presos e um número ainda não conhecido de criminosos conseguiram fugir a bordo de uma caminhonete prata.

Leia também: Sequestro da pequena Jayce - Missões históricas da Polícia Civil

Grupo era especializado em assaltos a bancos e carros-fortes, diz Polícia Federal 

Criminosos estavam em posse de metralhadora calibre .50 – que foi apreendida pela Polícia Federal
Divulgação/Polícia Federal
Criminosos estavam em posse de metralhadora calibre .50 – que foi apreendida pela Polícia Federal

A Polícia Militar de Pernambuco e autoridades de estados vizinhos foram acionadas para tentar encontrar os demais assaltantes. O piloto baleado durante a ação criminosa foi socorrido e, conforme informações do hospital, está em condições estáveis.

"Pedido de ajuda aos estados vizinhos! Confronto, confronto! Serviço da Polícia Federal e forças amigas da Polícia Militar de Pernambuco e Bahia em confronto com a equipe de 'Rafael Grandão' que matou dois Políciais, que executou os dois em Bom Jesus da Lapa. Confronto no aeroporto da cidade de Salgueiro, caminhonete prata com tiro no vidro lateral em fuga. Os estados vizinhos que poderem vir fechando, a gente vai alimentar de informações, ao longo da ação. Temos um parceiro ferido, o gerente da empresa. Estamos correndo para o socorro. Eles são executores de Polícia.", dizia uma mensagem de áudio dos Agentes ao qual a reportagem teve acesso.

Polícia Federal apreendeu seis fuzis e uma metralhadora .50 em ação nesta manhã
Divulgação/Polícia Federal
Polícia Federal apreendeu seis fuzis e uma metralhadora .50 em ação nesta manhã

Segundo a PF, essa era a principal quadrilha especializada em assaltos a bancos e carros-fortes da região. O grupo estava sediado no município de Petrolina (PE) e, segundo informações de Policiais Federais, a quadrilha foi responsável por ação na cidade de Bom Jesus da Lapa que deixou dois policias militares mortos.

Leia também: Professora é agredida por mãe de aluna em colégio municipal do Rio

Ainda conforme informaram agentes da Polícia Federal , os criminosos também atuaram em assalto a uma agência do Banco do Brasil em Jacobina, a um carro-forte em Petrolina, e a outros quatro veículos de empresas de transportes de valores entre os municípios de Remanso e Juazeiro, no norte da Bahia.

Vídeo mostra como a metralhadora .50 era adaptada dentro do carro dos criminosos:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.