undefined
Reprodução/Facebook
Novo episódio de violência contra professores aconteceu na Região dos Lagos, nesta terça-feira

Mais uma vez, a Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, foi palco de um episódio de violência contra professores. Desta vez, uma docente da Escola Municipal Professora Talita Hernandes Perelló, em Cabo Frio, foi agredida pela mãe de uma das suas alunas. O caso aconteceu nesta terça-feira (27). 

Leia também: Após hostilizar professor e fazê-lo sair de escola no Rio, aluno grava desculpas

A ocorrência vem à tona justo num período de atenção ao assunto. Afinal, há uma semana, na cidade vizinha ao caso de  violência contra professores  de ontem, o professor Thiago dos Santos foi humilhado por alunos em um Centro Integrado de Educação Pública (Ciep) de Rio das Ostras. 

De acordo com a Secretaria de Educação , a professora, que não teve o nome revelado, estava "chocada", "bastante arranhada" e com o "cabelo puxado", após o episódio. Ainda segundo a secretaria, a servidora foi imediatamente acolhida pelo corpo jurídico da prefeitura, que a acompanhou até uma delegacia para fazer registro da ocorrência contra a mãe da aluna.

Hoje cedo, a vítima de agressão realizará exame de corpo de delito e à tarde participará de uma reunião com os funcionários da prefeitura para esclarecimento dos fatos e definição das medidas a serem tomadas.

Leia também: Pais não podem tirar filho da escola para ensiná-lo em casa, decide STF

Em entrevista, a mãe que agrediu a professora alegou que sua filha estaria sofrendo humilhações na escola e, por isso, ela foi até o local para tirar satisfações. Ainda segundo a mãe, a vítima a teria chamado de "desequilibrada", começando aí confusão.

A Câmara Municipal de Cabo Frio divulgou uma nota de repúdio ao ato, e informou que a Comissão de Educação está entrando em contato com a professora agredida para dar todo o suporte jurídico e psicológico necessários.

"Esta Comissão torna público seu repúdio em nome de todos os vereadores desta casa, pois apenas baseados no diálogo e na educação que teremos o avanço da nossa sociedade", diz a nota.

Leia também: Mais da metade dos adultos do Brasil não completou o ensino médio, revela OCDE

No caso da semana passada, o professor Thiago foi agredido enquanto aplicava uma prova. O episódio foi gravado por um dos alunos, que tiravam sarro do professor. Além de agressões morais, o docente sofreu um ataque com uma pochete, que foi arremessada em direção a ele. As imagens acabaram levando a polícia a instaurar um inquérito para investigar o caso de violência contra professores .

* Com informações da Agência Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários