Tamanho do texto

Há especulações sobre os ataques terem ligação com membros de facções criminosas, já que um suposto áudio de detentos ligados ao PCC, mas a PM do estado não confirma a informação e segue investigando os ataques

Na cidade de Guaxupé, no sul de Minas Gerais, seis ônibus foram incendiados na garagem da companhia
Divulgação/Corpo de Bombeiros
Na cidade de Guaxupé, no sul de Minas Gerais, seis ônibus foram incendiados na garagem da companhia

Mais de trinta ônibus do sistema público de transporte de Minas Gerais foram incendiados durante a madrugada desta segunda-feira (4), segundo informou a Polícia Militar do estado. Os ataques foram realizados em 17 cidades diferentes, tais como Belo Horizonte, Alfenas, Guaxupé, Passos, Itajubá, Varginha, Pouso Alegre, Santa Luzia, Uberaba e Uberlândia.

Leia também: Jovem de 18 anos morre após ataque de tubarão em praia na Grande Recife

Não há informações de mortos ou feridos durante os ataques até agora. A PM de Minas Gerais confirmou que os incêndios foram criminosos, e que 30 suspeitos já foram detidos, incluindo oito presos em flagrante. A corporação ainda está reunindo informações e fazendo o levantamento do número total de prisões cumpridas nesta segunda-feira (4), a maioria concentrada no sul do estado.

Há especulações sobre os ataques terem ligação com membros de facções criminosas, já que um suposto áudio de detentos ligados ao PCC (Primeiro Comando da Capital) teria realizado o comando de ações em Minas e também no Rio Grande do Norte, “só poupando hospitais, escolas e creches”. A Diretoria de Inteligência da Polícia está apurando e não confirma a informação.

O que se sabe sobre os ataques em Minas Gerais

Poucos detalhes são conhecidos até agora. De acordo com a Agência Brasil, a série de incêndios começou na cidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, quando um grupo de homens incendiou o coletivo por volta das 15h de ontem, no bairro Morumbi.

A polícia ainda investiga outras duas ocorrências na mesma cidade, que teriam acontecido às 16h50, na região de Segismundo Pereira, e no bairro Lagoinha, onde uma agência bancária do Banco do Brasil e um ônibus foram atingidos por fogo por volta das 18h50. Os suspeitos de atearem fogo em Segismundo Pereira fugiram para a mata ao serem flagrados pela polícia.

Próximo de Uberlândia, na vizinha Uberaba, cinco encapuzados incendiaram um ônibus, no bairro Jardim Primavera, às 16h.

Leia também: Mauro Carlesse e Vicentinho vão para o segundo turno no Tocantins

Já em Itajubá, no sul do estado, um grupo de homens tentou colocar fogo no circular, mas foi cercado pela polícia, por volta das 16h40.

Nas cidades de Alfenas, Guaxupé e Pouso Alegre, todas ao sul de Minas, os ataques aconteceram na parte da noite. Em Guaxupé, às 21h de ontem, um grupo de homens provocou um incêndio que atingiu cinco ônibus, e, em Pouso Alegre, dois ataques foram registrados, um envolvendo dois indivíduos armados e outro causado por menores de idade.

A cidade de Passos registrou três ocorrências diferentes. Um prédio onde funcionava uma companhia da Polícia Militar foi alvo de dez disparos, um ônibus foi incendiado no bairro Cohab IV, e na manhã de hoje houve tentativa de atear fogo no prédio da Câmara Municipal, mas a ação foi contida, segundo informou a PM ao iG.

Em Belo Horizonte e Santa Luzia, cidade na Região Metropolitana da capital mineira, três incêndios foram registrados às 22h desse domingo. Além disso, outros dois ataques aconteceram hoje, sendo que um foi no começo da madrugada e outro, às 4h. Eles ocorreram nos bairros de Alto dos Pinheiros e de Santa Mônica, mas felizmente foram rapidamente controlados, causando poucos estragos aos veículos, segundo informou a polícia.

Leia também: Servidores terão meio expediente em dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo

Na manhã desta segunda-feira, os ataques contra ônibus foram registrados em Varginha, Monte Santo de Minas e Lagoa da Prata. 

Veja as cidades mineiras que sofreram ataques nos últimos dias: 

SUL DE MINAS

Itajubá - Tentativa de incêndio a ônibus, um preso, uma arma e combustível apreendidos

Poços de Caldas

Pouso Alegre - Tentativa de incêndio a um ônibus, pouco danificado

Cruzília

Varginha

Passos - Ataque a tiros contra uma Cia PM desativada

Monte Santo de Minas

Alfenas – Um ônibus incendiado

Guaxupé – Seis ônibus incendiados, dentro da garagem

Virgínia

Brasópolis

TRIÂNGULO MINEIRO

Uberlândia – Quatro ônibus incendiados e uma agência do BB atacada

Uberaba - Dois ônibus incendiados, e uma agência da Caixa atacada  

ALTO PARANAÍBA

Araxá

Lagoa da Prata

CAPITAL e REGIÃO METROPOLITANA

Belo Horizonte

Santa Luzia

Como se vê, os ataques e os incêndios criminosos foram mais concentrados no Triângulo Mineiro e no Sul de Minas Gerais.

*Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.