Vice-presidente, Hamilton Mourão
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Vice-presidente, Hamilton Mourão

O vice-presidente Hamilton Mourão declarou hoje (13) em seu Twitter que nega estar "abrindo as portas dos quartéis" para o pré-candidato à Presidência da República Lula, e ao Partido dos Trabalhadores. O contexto por trás de sua fala foram suas declarações de que as Forças Armadas respeitarão eventual vitória do ex-presidente petista nas eleições deste ano.

“Quem pensa que estou abrindo a porta dos quartéis para Lula e PT , desconhece a minha história e o papel das Forças Armadas, em especial do Exército Brasileiro . Continuo firme, afirmando que o governo do PT foi catastrófico para o Brasil e que o retorno ao poder trará retrocessos”, escreveu Mourão .

Na quarta-feira (9), o General chegou a se pronunciar sobre o fato de as Forças Armadas não realizarem qualquer interferência no processo eleitoral, bem como que nunca tiveram problemas com a esquerda. Outros integrantes das Forças Armadas que atuam no governo Bolsonaro enxergam a fala como um possível apoio ao atual vice-presidente a Lula .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários