Um homem que carregava a placa da vereadora Marielle Franco foi agredido em meio aos protestos
Print/ Guilherme Naldis
Um homem que carregava a placa da vereadora Marielle Franco foi agredido em meio aos protestos


Um grupo de apoiadores do deputado Daniel Silveira (PSL) atacaram um homem em frente à sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro, onde o parlamentar está preso desde a noite da última terça-feira. 

Os agressores protestavam contra a prisão do deputado. A vítima carregava uma placa com o nome de Marielle Franco. Em 2018, Silveira quebrou uma placa que homenageava a vereadora assassinada no mesmo ano

Enquanto os apoiadores gritavam o nome do deputado, um homem arrancou a placa das mãos do dono da placa. A vítima estava com a perna imobilizada e andando de muletas, e jogou o objeto para o alto. Ele foi atirado ao chão após receber um golpe mata-leão.

As manifestações continuam após a decisão unânime do STF de manter o deputado preso. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários