Deputado atacou o ministro do STF após ser preso pela Polícia Federal
Reprodução/TV Globo
Deputado atacou o ministro do STF após ser preso pela Polícia Federal

Na madrugada desta quarta-feira (17), após ser  preso por agentes da Polícia Federal, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) não poupou críticas ao ministro Alexandre de Moraes, responsável por expedir o mandado contra ele, a quem chamou de "filho da p***", "canalha" e "cretino", além de afirmar que a prisão é "apenas para satisfazer o ego".

"Esta prisão é ilegal, é decisão de um marginal para satisfazer o ego deles. "O filho da p*** do Alexandre é um canalha , cretino e vai pagar o preço pelo que está fazendo na Justiça. Ele só serve para advogar para o PCC", disse Silveira, em entrevista ao portal R7, enquanto se dirigia à Superintendência da PF no Rio.

Ainda de acordo com a publicação, o deputado negou que estivesse algemado ou que a condução tenha ocorrido de forma coercitiva, quando o acusado sofre algum tipo de pressão para colaborar com o processo. Além disso, Silveira disse acreditar que receberá apoio da Câmara dos Deputados por ser detentor de mandato parlamentar.

Em publicação nas redes sociais, o presidente da casa, Arthur Lira, já afirmou que irá conduzir o processo com "serenidade" : "como sempre disse e acredito, a Câmara não deve refletir a vontade ou a posição de um indivíduo, mas do coletivo de seus colegiados, de suas instâncias e de sua vontade soberana, o Plenário".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários