Show do Detonautas no Rock in Rio é marcado por críticas a José Sarney

"Melhor conviver com maconheiro honesto do que com engravatado corrupto", diz vocalista Tico Santa Cruz

Augusto Gomes, enviado ao Rio de Janeiro |

"Melhor conviver com maconheiro honesto do que com engravatado corrupto". O recado foi dado por Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas, logo após a terceira música de seu show no Rock in Rio .

É uma referência ao deputado Magno Bacelar (PV) , que rebateu as críticas que Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial , havia feito ao presidente do Senado, José Sarney, durante o próprio Rock in Rio. "Eu já estive no Rock in Rio. E muitos dos metaleiros vão ali drogados, maconhados", afirmou o parlamentar.

A frase de Tico Santa Cruz foi aplaudida pelo público, que logo em seguida puxou um coro de "Ei, Sarney, vai tomar no c…!!!". A mesma frase já havia sido dita em coro pela plateia no show do Capital Inicial.

As críticas a Sarney ajudaram o Detonautas a ganhar o público. A banda foi a primeira a tocar no palco Mundo neste último dia do Rock in Rio e já arrancou aplausos com a segunda música, "Combate".

Um bloco de baladas esfriou um pouco os ânimos da plateia, mas a empolgação foi retomada com o sucesso "Quando o Sol se For" e a cover de "Metamorfose Ambulante", de Raul Seixas. A banda deixou o palco ao som de "Smells Like Teen Spirit", do Nirvana.

    Leia tudo sobre: Rock in Riomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG