Egito adia ação para dispersar acampamentos de protestos pró-Morsi

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo autoridade de segurança do país, decisão tomada no Cairo objetiva evitar 'derramamento de sangue'

Uma autoridade de segurança do Egito disse que as autoridades adiaram uma ação para dispersar dois acampamentos de partidários do presidente deposto do país Mohammed Morsi para "evitar derramamento de sangue".

Leia mais: Egito ordena à polícia pôr fim a acampamentos pró-Morsi

AP
Partidário do presidente egípcio Mohammed Morsi seguem acampados em frente à mesquita Rabaa Al-Adawiya

Chanceler da União Europeia: Líder deposto no Egito está bem

A autoridade disse que a decisão de adiar uma ofensiva contra os partidários da Irmandade Muçulmana ocorreu depois que o plano de colocar fim aos acampamentos vazou na imprensa.

A autoridade falou em condição de anonimato, porque não estava autorizada a falar com jornalistas.

Detenção: Egito acusa Morsi de conspirar com Hamas em fuga em 2011

Saiba mais: Leia todas as notícias sobre a queda de Morsi

As forças de segurança haviam planejado formar cordões em torno dos locais de manifestações no Cairo logo na madrugada de segunda-feira, segundo autoridades que falaram mais cedo à Associated Press.

Leia também: Diplomacia fracassou em superar crise, diz presidência do Egito

Uma ação da polícia poderia ter desatado confrontos com milhares reunidos nos dois acampamentos no Cairo em apoio a Mohammed Morsi, derrubado do poder pelo Exército em 3 de julho.

Com AP

Leia tudo sobre: queda de morsiegitocairoacampamentomorsiirmandade muçulmana

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas