Em meio a tensão dos protestos, Dilma deixa o Palácio do Planalto

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Manifestação em Brasília levou mais de 20 mil às ruas; grupo colocou fogo, tentou invadir o Palácio do Itamaraty e foi contido pela polícia

Em meio à exaltação de ânimos de manifestantes que tomam conta das avenidas de Brasília, a presidente Dilma Rousseff deixou na noite desta quinta-feira (20) o Palácio do Planalto, que é protegido por cerca de 200 homens do Exército. A presidente saiu do Planalto enquanto um grupo de manifestantes tentava invadir o Palácio do Itamaraty - a área próxima do Planalto. Os manifestantes colocaram fogo no prédio e quebraram vidraças, mas foram contidos pelos policiais.

Leia também: Manifestantes colocam fogo no  Itamaraty e tentam invadir o prédio

Nesta sexta-feira, Dilma tem reunião às 9h30 com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O clima de apreensão gerado pela onda de protestos em todo o País levou a presidente a cancelar a agenda de viagens dos próximos dias. Ela iria nesta sexta-feira a Salvador (BA), para lançar o Plano Safra para o Semiárido, e na semana que vem faria uma viagem ao Japão.

Brasília: Polícia monitora cerca de 50 ‘laranjas podres’ em manifestação

Protesto na segunda: Mais de 5 mil protestam no DF e invadem o Congresso Nacional

Um primeiro balanço das manifestações em Brasília aponta 31 feridos na Esplanada dos Ministérios. Segundo informações do Samu do Distrito Federal, 11 foram removidos para hospitais: um deles com possível traumatismo craniano; outro com ferimento de bala de borracha na perna; e outro manifestante com um ferimento na perna que pegou uma artéria e, por isso, sangrava muito. Os demais não tiveram ferimentos graves e muitos foram atendidos em razão de intoxicação com gás lacrimogêneo e spray de pimenta. O protesto “Acorda, Brasília” reuniu mais de 20 mil pessoas. 

Além de Brasília, várias cidades realizaram protestos hoje: São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Fortaleza, Belém, Campinas, Ribeirão Preto - onde um morreu -, Porto Alegre etc. A estimativa é que mais de 1 milhão foi às ruas em todo o País.

Veja imagens do protesto em Brasília

Manifestantes colocam fogo no Palácio do Itamaraty em protesto que reuniu mais de 20 mil. Foto: ReutersManifestantes colocam fogo no Palácio do Itamaraty e são contidos pela polícia. Foto: DivulgaçãoManifestantes colocam fogo no Palácio do Itamaraty em protesto que reuniu mais de 20 mil. Foto: ReproduçãoManifestantes tentam invadir Palácio do Itamaraty em protesto que reuniu 20 mil em Brasília. Foto: ReproduçãoManifestantes entram em confronto com a polícia em Brasília. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABrManifestantes entram em confronto com a polícia em Brasília. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABrManifestantes entram em confronto com a polícia em Brasília. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABrCerca de 20 mil pessoas protestam em frente ao Congresso Nacional. Foto: Agência BrasilMais de 20 mil manifestantes estão em frente ao Planalto, em Brasília. Foto: BSB Valter Campanato ABrMais de 20 mil manifestantes estão em frente ao Planalto, em Brasília. Foto: BSB Valter Campanato ABrMais de 20 mil manifestantes estão em frente ao Planalto, em Brasília. Foto: BSB Valter Campanato ABrManifestantes voltam às ruas no DF com bandeiras contra a PEC 37, "Fora Renan", contra obras da Copa e outras bandeiras. Foto: Nivaldo Souza/iG Brasília


Com Agência Estado e Agência Brasil

Leia tudo sobre: ProtestoDilma RoussefBrasília

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas