'Não sou de recuar', diz Erundina sobre possibilidade de deixar vice de Haddad

Em entrevista, deputada federal diz que ter Paulo Maluf na chapa é 'constrangedor' e que se soubesse da aliança 'pensaria mais vezes para tomar uma decisão'

iG São Paulo | - Atualizada às

CLAYTON DE SOUZA/AGÊNCIA ESTADO
O pré-candidato do PT, Fernando Haddad, terá a ex-prefeita Luiza Erundina, do PSB, como vice apesar da aliança com Maluf

A deputada federal e vice de Fernando Haddad (PT), Luiza Erundina (PSB-SP), descartou a possibilidade de deixar a chapa com o petista nas eleições em São Paulo, apesar da aliança firmada entre o PT e o PP de Paulo Maluf , seu adversário histórico.

"Eu não sou de recuar. Vou manter a decisão, que é uma decisão partidária. Vou me empenhar e vou fazer o melhor que eu puder para dar a minha contribuição", disse Erundina em entrevista à rádio Brasil Atual na última segunda-feira.

Leia também:  Foto de Maluf com Lula foi o estopim para Erundina


Alianças: Veja a passagem silenciosa de Lula pela casa de Maluf

Apesar de dizer que fica na chapa, Erundina não escondeu o embaraço que representa a presença de Maluf na aliança. "É constrangedor. E o pior é que essa notícia, ela veio sem que se esperasse, pelo menos eu, não sei se meu partido tinha conhecimento dessa possibilidade", afirmou. "Foi realmente um balde de água fria."

Ela acrescentou que, apesar de permanecer na chapa fará uma demarcação de campos. "De um lado estará o seu Maluf, de outro estarão eu e setores da sociedade que não concordam com essa aliança."

Na segunda-feira, ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva , o ex-prefeito de São Paulo oficializou seu apoio à pré-candidatura de Haddad . O apoio de Maluf garante um acréscimo de 1 minuto e 35 segundos no tempo de TV da campanha de Haddad e risca da história do partido quase 25 anos de combate ao malufismo . "Eu entendo que o tempo de televisão é importante, é necessário, mas não a qualquer preço", afirmou Erundina.

Agência Estado
Por exigência de Maluf, Lula vai a evento que oficializou o apoio do ex-prefeito a Haddad

De inimigo a aliado: Veja vídeos das brigas históricas de Maluf com o PT
Sobre Haddad: Maluf evita o bordão 'se não for um bom prefeito, não votem em mim'

Apesar de dizer que não deixará a campanha de Haddad, a deputada demonstrou irritação ao ver a foto de Lula apertando a mão de Maluf na segunda-feira . Ela disse a integrantes da direção do PSB ter se sentindo desprestigiada pelo ex-presidente, que foi até à casa do deputado, mas não foi à cerimônia de formalização de sua candidatura. "Isso já é demais", teria dito Erundina, de acordo com uma fonte.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG