Médico se descontrola e mata paciente com um soco em consultório de hospital

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Ilya Zelendinov se irritou com homem que teria desrespeitado uma enfermeira em instituição da cidade russa de Belgorod

Momento em que o médico ataca violentamente homem de 56 anos diante das colegas incrédulas
Reprodução - 29.12.2015
Momento em que o médico ataca violentamente homem de 56 anos diante das colegas incrédulas

Um médico se descontrolou com um homem que atendia e lhe deu um único soco que acabou matando-o em pleno hospital, na cidade russa de Belgorod. O caso ocorreu em 29 de dezembro, mas só veio a público neste sábado (9), quando imagens chocantes das câmeras de segurança da instituição de saúde foram divulgadas por canais de televisão do país. 

Impressionante, o vídeo de pouco mais de 11 minutos mostra o profissional, identificado como Ilya Zelendinov, interrompendo um exame e socando violentamente a cabeça o paciente Yevgeniy Bakhtin, de 56 anos, que aparece caindo na mesma hora no chão, nocauteado. 

Assista ao vídeo do incidente na Rússia; as imagens são fortes:

Mesmo com o paciente desacordado, Zelendinov continua brigando com um outro homem, não identificado, que tentava intervir na confusão, supostamente causada pelo mau comportamento de Bakhtin com enfermeiras colegas do médico. 

Zelendinov parece só perceber a gravidade de seu golpe minutos depois de aplicá-lo, quando surge desesperado nas imagens tentando reanimar o paciente, gritando pela ajuda das enfermeiras com que trabalha. 

O médico foi demitido e atualmente cumpre prisão domiciliar pelo homicídio. O porta-voz do Comitê de Instrução da Rússia, Aleksandr Bastrikin, anunciou que o órgão investigará o caso. Já a ministra da Saúde do país, Veronika Skvortsova, ordenou uma investigação para saber como vazou o vídeo de segurança do hospital, que viralizou na web.  

Zelendinov tenta desesperadamente reanimar paciente que nocauteou e matou em hospital
Reprodução - 29.12.2015
Zelendinov tenta desesperadamente reanimar paciente que nocauteou e matou em hospital

Apesar de enfrentar julgamento, é improvável que Zelendinov receba uma condenação pesada, avaliou à rede de notícias BBC Yelena Kozyreva, do Comitê de Investigações de Belogorod. Para ela, as autoridades não acreditam que o médico teve a intenção de fazer o que fez.

Leia tudo sobre: médico mata pacienterússiaIlya Zelendinov

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas