Durante a semana de luto, haverá dois cortejos fúnebres em cada um dos três dias em que corpo ficará exposto

Duas meninas são vistas perto de mural do ex-presidente sul-africano Mandela na Cidade do Cabo
AP
Duas meninas são vistas perto de mural do ex-presidente sul-africano Mandela na Cidade do Cabo

A África do Sul está se preparando para a chegada de uma onda de líderes mundiais para as cerimônias em homenagem e para o enterro de Nelson Mandela , enquanto milhares de seus admiradores continuaram se dirigindo a locais em todo o país neste sábado para prestar seu tributo ao ícone da luta contra o apartheid (regime de segregação racial).

Conheça a home do Último Segundo

Saiba mais: Leia todas as notícias sobre a morte de Mandela

Ícone antiapartheid: Morre aos 95 anos Nelson Mandela

Na casa de Mandela no bairro de Houghton, Johanesburgo, mais de cem pessoas, negras e brancas, reuniram-se durante a manhã para cantar músicas de libertação e honrar Mandela.

Entre aqueles que já indicaram que viajarão à África do Sul para participar das homenagens a Mandela, que morreu em sua casa em Johanesburgo na quinta-feira aos 95 anos, estão o presidente dos EUA, Barack Obama , e seus dois antecessores, George W. Bush e Bill Clinton.

Adeus a Mandela:  Ex-presidentes acompanham Dilma à África do Sul

A presidente Dilma Rousseff também estará entre os convidados , acompanhada dos ex-presidentes José Sarney (1985-1990), Fernando Collor de Mello (1990-1992), Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010).

Presidente sul-africano:  Mandela será enterrado em 15 de dezembro

'Mulherengo':  As mulheres que amaram Mandela

Uma semana de luto, com vários eventos planejados, foi declarada pelo governo. O domingo (8) foi caracterizado como um dia nacional de preces e de reflexão, enquanto uma grande homenagem está programada para a terça-feira (10) em um estádio de Johanesburgo onde Mandela fez sua última aparição pública para a cerimônia de encerramento da Copa do Mundo de 2010.

Veja os momentos mais marcantes da vida de Mandela:

'Herói', 'símbolo' e 'modelo': Mandela é unanimidade na imprensa mundial

Galeria de fotos: Veja imagens de Mandela, ex-presidente da África do Sul

Serviços em sua memória também serão realizados em províncias e regiões da África do Sul durante a próxima semana. O corpo de Mandela ficará exposto de quarta até sexta-feira nos Prédios da União em Pretória, capital da África do Sul. Os restos mortais de Mandela também serão levados pelas ruas da capital durante cortejos fúnebres em dois momentos durante esses três dias, de acordo com uma declaração do governo feita neste sábado.

Rúgbi: Pelo esporte, Mandela uniu negros e brancos na África do Sul

Infográfico: Nelson Mandela e a África do Sul

"Toda manhã, quando o corpo deixar o mortuário para ser exposto publicamente, essas rotas se tornarão públicas", afirmou Neo Momodu, o chefe do serviço de informação do governo. O enterro com honras de Estado para o ganhador do Prêmio Nobel ocorrerá em sua vila rural de Qunu, na Província de Cabo Oriental, em 15 de dezembro.

Veja homenagens a Mandela na África do Sul:

A companhia aérea estatal, South African Airways, estabeleceu voos fretados especiais para levar as autoridades ao funeral. O governo anunciou uma sessão especial nas duas casas do Parlamento na segunda-feira para prestar tributo a Mandela, o primeiro presidente negro eleito democraticamente no país.

*Com AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.