Além de detectar os vírus no organismo, a tecnologia vai determinar se a pessoa está imune às doenças

Estadão Conteúdo

Tecnologia também poderá identificar se as pessoas se tornaram imunes aos vírus
Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Tecnologia também poderá identificar se as pessoas se tornaram imunes aos vírus

Representantes do laboratório da Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico (Bahiafarma) e do Laboratório Farmacêutico de Pernambuco (Lafepe) anunciaram ontem uma parceria para o desenvolvimento do kit para diagnóstico rápido dos vírus da zika, da dengue e da chikungunya.

Este será o primeiro do Brasil a detectar a presença dos vírus no organismo humano, ativo ou não, e determinar se a pessoa está imune às três doenças.

Além de detectar os vírus no organismo, a tecnologia vai determinar se a pessoa está imune às doenças.

"Para mulheres em idade fértil e grávidas será um avanço significativo ter esse conhecimento", diz o médico e pesquisador da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Fernando Kreutz, diretor do Grupo FK-Biotec.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

>> Veja como se proteger do Aedes aegypti:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.