Em nota no site da banda, companheiros do músico lamentam a perda; veja depoimentos de Kerry King e Tom Araya

A causa da morte de Jeff Hanneman, guitarrista da banda de "thrash metal" Slayer que morreu em 2 de maio , foi confirmada como cirrose relacionada a álcool. A informação foi divulgada em nota publicada nesta quinta-feria (9) no site da banda. 

O músico havia contraído uma doença autoimune no ano passado, provavelmente por causa de uma picada de aranha, e quase perdeu um braço. Porém, já em fase de recuperação, o episódio não foi o responsável pela morte de Hanneman. 

Além de confirmar a causa de morte de Hanneman, a nota no site do Slayer ainda trouxe depoismentos do guitarrista Kerry King e do vocalista Tom Araya, integrantes da banda.

"Tive muitos momentos bons com Jeff... nos primeiros dias em que pegamos a estrada, nós ficávamos acordados a noite inteira no ônibus, conversando e assistindo a filmes sobre a Segunda Guerra, filmes de terror, nós assistimos 'Nascido Para Matar' tantas vezes que podiamos praticamente recitar todos os diálogos", disse Kerry King.

"Quando formamos o Slayer nós ensaiávamos o tempo todo, 24 horas por dia, sete dias por semana. Eu e Jeff passamos muito tempo juntos, ele morava na garagem do meu pai, que também era nosso espaço de ensaio. (...) Sinto falta daqueles dias", conta Tom Araya.

A nota ainda afirmava que, embora os detalhes ainda estejam sendo acertados, uma homenagem a Jeff está sendo preparada para o final deste mês.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.