Alfonso Cuarón, de "Gravidade", ganha o prêmio do sindicato dos diretores

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Filme ganha força na corrida pelo Oscar, que também tem "12 Anos de Escravidão" e "Trapaça" como favoritos

O mexicano Alfonso Cuarón ganhou o prêmio do sindicato dos diretores (DGA, na sigla em inglês) pelo filme "Gravidade". A premiação, realizada neste sábado (25), fortalece o longa na embolada corrida pelo Oscar.

Os prêmios dos sindicatos, considerados as melhores prévias do Oscar, se dividiram entre três filmes. "Gravidade" e "12 Anos de Escravidão" empataram na premiação dos produtores enquanto "Trapaça" foi o escolhido pelos atores.

Reuters
Alfonso Cuarón, vencedor do prêmio do sindicato dos diretores, posa com o ganhador do ano passado, Ben Affleck

O sindicato dos roteiristas ainda não entregou seus troféus, mas regras diferentes das da Academia fazem com que este grupo não seja tão relevante como indicador.

Siga o iG Cultura no Twitter

No DGA, Cuarón venceu Paul Greengrass ("Capitão Phillips"), Steve McQueen (“12 Anos de Escravidão”), David O. Russell (“Trapaça”) e Martin Scorsese (“O Lobo de Wall Street"). Os três últimos também concorrem a melhor diretor no Oscar, assim como Alexander Payne ("Nebraska").

Nos 65 anos de DGA, apenas sete diretores não repetiram a vitória no Oscar. Um deles foi Ben Affleck, que ganhou no ano passado e foi quem anunciou a vitória de Cuarón neste sábado.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas