"Gravidade" e "12 Anos de Escravidão" empatam no prêmio dos produtores

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Foi a primeira vez que dois filmes dividiram troféu na história da premiação, criada há 25 anos

"Gravidade" e "12 Anos de Escravidão" dividiram o prêmio do Sindicato dos Produtores da América (PGA, na sigla em inglês), entregue neste domingo (19). Foi o primeiro empate da história da premiação, criada há 25 anos e considerada uma das principais prévias do Oscar.

Nos últimos seis anos, todos os longas que ganharam o PGA também levaram o Oscar de melhor filme. O empate mantém a corrida pelo Oscar em aberto - além de "12 Anos de Escravidão" e "Gravidade", "Trapaça" também está forte na disputa, tendo vencido o prêmio do sindicato dos atores no sábado (18).

Saiba mais: Tudo sobre o Oscar 2014

AP
A partir da esq: David Heyman e Alfonso Cuarón, de 'Gravidade'; Anthony Katagas, Jeremy Kleiner, Dede Gardner, Steve McQueen e Brad Pitt, de '12 Anos'


A noite do PGA foi crucial para "12 Anos de Escravidão", que no último domingo ganhou o Globo de Ouro como melhor drama, mas nenhum outro prêmio. O diretor e produtor Steve McQueen, ao receber o prêmio junto com o co-produtor e ator Brad Pitt, falou sobre um tema que pode atrapalhar o filme no Oscar: a ideia de que o filme é muito difícil.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Quando o filme passou pela primeira vez, em Toronto, algumas pessoas disseram que ele era brutal, que ninguém iria vê-lo", afirmou o britânico McQueen. "As bilheterias aqui nos Estados Unidos e no Reino Unido têm provado o contrário."

Os produtores também deram o prêmio de melhor animação para "Frozen - Uma Aventura Congelante" e de melhor documentário para "Nós Roubamos Segredos: A História do WikiLeaks".

"Behind the Candelabra" ganhou melhor filme para a televisão, "Breaking Bad" foi a melhor série dramática e "Modern Family" a melhor série de comédia.

Com Reuters

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas