Crocodilo australiano é considerado maior do mundo

Cassius, de 100 anos, tem 5,5 metros de comprimento e uma tonelada e entrou para o Guinness

EFE |

AFP
O crocodilo Cassius, durante medição para o Guinness: 100 anos e cinco metros e meio de comprimento
O crocodilo australiano Cassius, de cinco metros e meio de comprimento e cerca de uma tonelada de peso, foi considerado nesta quinta-feira (15) pelo Livro dos Recordes como o maior exemplar de sua espécie em cativeiro.

Batizado com esse nome em homenagem ao famoso boxeador Cassius Clay, o gigantesco réptil, que foi capturado em 1984 no Território do Norte, vive há 24 anos no parque de crocodilos Marineland Melanesia, no norte do estado de Queensland.

Cassius, de 100 anos, mediria um pouco mais se não tivesse perdido em torno de 20 centímetros da cauda durante uma briga na época em que vivia livre.

Seu tratador, George Craig disse que apesar da longa relação com o animal, "Cassius é um réptil, tem sangue frio" e nunca se atreveria a nadar perto dele.

Craig mediu o crocodilo com a ajuda de seu neto, uma tarefa que durou vários meses de planejamento.

"Drenamos o tanque, conseguimos tirá-lo e acalmá-lo. Demos muita comida e durante horas tentamos nos aproximar, até conseguir medi-lo", relatou Craig.

O porta-voz do Guinness, Chris Sheedy, afirmou que Cassius será um dos poucos merecedores desta distinção, que contará com página dupla na edição de 2012.

Leia também:
Conheça o crocodilo-marinho

Vídeo: crocodilo foge durante enchente na Tailândia
O crocodilo do Orinoco foi salvo pelo marketing

Seu reinado como o maior crocodilo do mundo poderá durar pouco, depois da recente captura, nas Filipinas, de um crocodilo que aparentemente mede entre seis e sete metros.

"Mas até que esse crocodilo não tenha sido medido adequadamente, não podemos considerá-lo", esclareceu o porta-voz do Guinness Book.

    Leia tudo sobre: crocodiloaustráliarépteis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG