Homens são presos tentando embarcar com animais escondidos na cueca

Dois homens foram presos em Nova Deli tentando traficar dois lóris, primatas típicos da Índia e ameaçados de extinção

BBC | - Atualizada às

BBC

People for Animals
Os lóris foram entregues a uma ONG, que os encaminhou a um hospital veterinários

Dois homens foram presos tentando embarcar em Nova Déli, na Índia, com pequenos animais primatas escondidos em suas cuecas.

A informação foi divulgada pelas autoridades indianas na segunda-feira (10). Eles estavam em trânsito de Bangkok para Dubai, com escala em Nova Déli, quando foram abordados pelas autoridades do aeroporto internacional Indira Gandhi.

Em suas cuecas, eles traziam escondidos dois lóris - primatas de cerca de 25 cm de comprimento e olhos grandes, típicos da Índia e do Sri Lanka. Um terceiro homem também foi preso.

Os três homens tinha nacionalidade dos Emirados Árabes e estão sendo investigados na Índia. Os animais foram detectados por um guarda que revistava os passageiros antes do voo. Ele percebeu que algo estava se movendo dentro da calça do passageiro.

Leia também:
Primata extinto é fotografado no Sri Lanka
Leões africanos estão na mira dos traficantes de animais
WWF destaca três países no comércio ilegal de partes de animais

Os animais foram entregues à entidade de proteção dos animais People for Animals. Eles estão sendo tratados em um hospital veterinário.

Fotos enviadas pelo hospital à BBC mostram os lóris dentro de uma caixa usada para transporte de animais forrada com jornais.

Os lóris são primatas carnívoros e noturnos e vivem em florestas tropicais do sudeste da Ásia. A espécie aprendida está ameaçada de extinção, segundo especialistas. Em alguns lugares, eles se tornaram animais de estimação exóticos, apesar dos apelos de ambientalistas para que todos sejam recolocados em seus ambientes naturais.

O caso mais grave acontece na Indonésia, onde muitas pessoas adotam lóris como animais de estimação. Para que o animal seja domesticado, os caçadores tiram seus dentes, já que ele solta substâncias tóxicas em sua mordida. Isso faz com que o lóris não possa voltar ao seu ambiente natural.

    Leia tudo sobre: tráfico de animaislorisíndia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG