Além de Thomaz Alckmin, 31 anos, quatro pessoas morreram na queda da aeronave, na cidade de Carapicuíba, na Grande SP

Reprodução do Instagram da mulher de Thomaz Alckmin, filho do governador de São Paulo que morreu em acidente de helicóptero nesta sexta-feira (2 de março)
Reprodução/Instagram
Reprodução do Instagram da mulher de Thomaz Alckmin, filho do governador de São Paulo que morreu em acidente de helicóptero nesta sexta-feira (2 de março)

Filho caçula do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, Thomaz Alckmin foi confirmado como a quinta vítima fatal do acidente de helicóptero que deixou cinco mortos, no final da tarde desta quinta-feira (02), na cidade de Carapicuíba, na Grande SP.

Leia mais:
Helicóptero cai sobre residência em SP; ao menos cinco pessoas morrem

Thomaz Alckmin, de 31 anos, só teve seu nome confirmado entre os passageiros do acidente à noite, por volta das 22h.

Pai de duas meninas, Thomaz era amigo do piloto da aeronave da empresa Seripatri, Carlos Haroldo Isquerdo Gonçalves, 53, que também morreu no acidente. Além dos dois, foram a óbito os outros três passageiros que estavam no helicóptero: os mecânicos Paulo Henriquei Moraes, 42, Erick Martinho, 36, e Leandro Souza, 34. 

A empresa afirma que o helicóptero, com quatro anos de uso, era submetido a um voo-teste no momento do acidente. Em nota, a Seripratri afirmou que a documentação da aeronave e sua manutenção estavam "rigorosamente em ordem" e que o piloto tinha mais de 30 anos de experiência. 

A queda da aeronave deixou a casa atingida e o helicóptero completamente destruídos. Dezenas de profissionais do Corpo de Bombeiros, apoiados por oito viaturas, trabalharam no local do acidente ao longo de mais de duas horas para buscar por possíveis vítimas.

Leia também:
Relembre 30 acidentes aéreos que marcaram o Brasil

Segundo a Polícia Militar, que também colaborava com os trabalhos da corporação, um dos corpos foi encontrado decapitado. Não foram encontrados sinais de explosões ou incêndios causados pela queda do helicóptero, que, segundo testemunhas, teria perdido uma das hélices antes de cair.  

Em nota, o governo do Estado de São Paulo, lamentou a morte do filho de Geraldo Alckmin. Leia a seguir:

O governo de São Paulo informa, com imenso pesar, que Thomaz Rodrigues Alckmin, o caçula dos três filhos do governador Geraldo Alckmin e de dona Lu Alckmin é uma das cinco vítimas da queda do helicóptero EC-155 ocorrida na Grande São Paulo na tarde desta quinta-feira. Thomaz tinha 31 anos e era piloto profissional de aeronave. Ele deixa esposa, Taís, duas filhas, Isabela e Júlia, e os irmãos Sophia e Geraldo Alckmin Neto.

Sob o impacto dessa tragédia, a família Alckmin, inconsolável, agradece as manifestações de pesar e carinho e busca conforto na fé que sempre a alimentou. Seus pensamentos e preces se estendem às famílias das outras vítimas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.