Chega a 7 o números de cidades do Rio em situação de emergência

Chuvas levam ao transbordamento dos rios, especialmente nas regiões norte e noroeste do Estado

Agência Brasil |

A cidade de Aperibé, no noroeste fluminense, decretou estado de emergência hoje (7), aumentando para sete o número de municípios em situação de emergência. As cidades que já estavam nessa condição, após o transbordamento dos rios da região, são: Laje do Muriaé, Santo Antonio de Pádua, Itaperuna, Italva, Cardoso Moreira e Miracema.

Previsão do tempo: Chuva não vai dar trégua nos próximos dias

Medo de saque: Desalojados que se negam a sair assinam termo de responsabilidade

Alto risco: Cerca de 500 famílias se negam a deixar bairro onde dique se rompeu

Eles dizem não: Corte de luz em Três Vendas é para forçar saída de moradores, diz secretário

No balanço da Defesa Civil estadual divulgado esta noite já são 7.384 os desalojados e 2.364 desabrigados pelas enchentes nas cidades de Itaperuna, Campos dos Goytacazes, Cardoso Moreira, Laje do Muriaé, Italva, Aperibé, São Fidélis, Bom Jesus de Itabapoana, Santo Antonio de Pádua e Cambuci.

Técnicos da Secretaria Estadual de Saúde do Rio participaram hoje (6) de uma videoconferência com representantes do Ministério da Saúde e das secretarias de Saúde de Minas Gerais e do Espírito Santo para discutir ações integradas a fim de atender as vítimas da chuva na Região Sudeste.

Os profissionais de saúde da secretaria vão estar na próxima semana nas regiões atingidas para um seminário com objetivo de capacitar os colegas locais na detecção de sintomas e tratamento de doenças que aparecem após as enchentes, como a leptospirose, provocada pelo contato da pele com a urina do rato.

    Leia tudo sobre: chuvasrio de janeiroAperibé

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG