Luiz Fux, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal)
Fellipe Sampaio/STF
Luiz Fux, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal)

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta segunda-feira (1º), durante o discurso de abertura do semestre no tribunal, que o sistema eleitoral brasileiro é um dos mais confiáveis e eficientes do mundo. A declaração vem dias depois de o presidente Jair Bolsonaro (PL) ter se reunido com embaixadores para atacar, sem provas, o sistema eletrônico de votação e a justiça eleitoral brasileira, no último dia 18 .

O magistrado destacou que a Justiça Eleitoral é "transparente, compreensível e aberta a todos aqueles que desejam contribuir para a lisura" do processo eleitoral, e reafirmou o compromisso do STF para que as eleições sejam marcadas pela estabilidade e pela tolerância. Segundo ele, o órgão espera que os candidatos respeitem os adversários nas eleições deste ano e que o pleito transcorra com civilidade, paz e sem incidentes.

Ainda no discurso, Fux lembrou que a ministra Rosa Weber deve ser eleita neste ano a nova presidente do tribunal, e o ministro Luís Roberto Barroso, vice. A eleição deve ocorrer na próxima semana. A posse de Rosa Weber está marcada para 12 de setembro. 

Até a troca de gestão, o STF deve tratar de diversos assuntos. Na agenda de agosto, constam o seguintes temas: julgamentos de ações que versam sobre controversas tributárias, regras de processo eleitoral, direito e educação básica para crianças, direito à saúde, direito a o sigilo de dados pessoais, proteção ambiental, direitos trabalhistas, teto de gastos da administração pública e a constitucionalidade das operações na lei de improbidade administrativa.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários