Ex-presidente Lula e o atual presidente, Jair Bolsonaro
Reprodução/Montagem iG
Ex-presidente Lula e o atual presidente, Jair Bolsonaro

Nova pesquisa PoderData divulgada nesta quarta-feira (20) mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança para o Planalto, mas oscilou de 44% para 43% em relação ao levantamento de duas semanas atrás . O presidente Jair Bolsonaro (PL), por outro lado, cresceu de 36% para 37% na pesquisa estimulada para o primeiro turno — quando os entrevistados recebem a lista com os nomes dos pré-candidatos.

A diferença entre os dois pré-candidatos que lideram a corrida pela vaga no Planalto foi de oito pontos percentuais para seis, segundo os dados. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos.

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que aparece na terceira colocação, oscilou de 5% para 6%. A senadora Simone Tebet (MDB), continuou estável, com 3%. Em seguida, aparecem André Janones (Avante), que flutuou para baixo, de 3% para 2%; e o empresário Pablo Marçal (Pros), que oscilou de 0% para 1%.

José Maria Eymael (DC), Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União Brasil), Luiz Felipe D'Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lucia (PSTU) não pontuaram.

Dentro da margem de erro, Ciro, Tebet e Janones estão empatados tecnicamente. A senadora e o deputado também empatam com Marçal, Eymael, Péricles, Bivar, D'Avila, Manzano e Vera. De acordo com o levantamento, brancos e nulos somam 4% e os entrevistados que disseram não saber em quem votar também foram 4%.

Confira os resultados para o 1º turno, na pesquisa estimulada:


  • Lula (PT): 43%
  • Jair Bolsonaro (PL): 37%
  • Ciro Gomes (PDT): 6%
  • Simone Tebet (MDB): 3%
  • André Janones (Avante): 2%
  • Pablo Marçal (Pros): 1%
  • José Maria Eymael (DC): 0%
  • Leonardo Péricles (UP): 0%
  • Luciano Bivar (União Brasil): 0%
  • Luiz Felipe D'Avila (Novo): 0%
  • Sofia Manzano (PCB): 0%
  • Vera Lucia (PSTU): 0%
  • Branco/nulo: 4%
  • Não sabem: 4%

Para realizar a pesquisa, o PoderData ouviu 3.000 entrevistados por telefone, entre os dias 17 e 19 de julho. O levantamento foi feito em 309 municípios das 27 unidades da federação e custou R$ 103.715,00. O nível de confiança é de 95%, segundo o instituto, e o registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é BR-07122/2022.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários