Prevent Senior
Divulgação
Prevent Senior

A CPI da Prevent Senior , da Câmara Municipal de São Paulo, aprovou nesta segunda-feira, por unanimidade, o relatório final do vereador Paulo Frange (PTB), com recomendação de indiciamento de 20 pessoas, incluindo os donos da operadora, Eduardo e Fernando Parrillo .

Ao todo, a  CPI apontou o cometimento de 52 crimes pelos donos e funcionários da empresa, mais do que o dobro da CPI da Covid do Senado Federal. Entre eles: homicídio e tentativa de homicídio, perigo para a vida ou saúde de outra, omissão de socorro, crime contra a humanidade e crime de falsidade ideológica.

A comissão concluiu que a Prevent Senior adotou um protocolo institucional para tratamento da Covid-19, com medicamentos comprovadamente ineficazes , realizou pesquisas com seres humanos e feriu a autonomia médica, impondo a seus funcionários a “doutrina da aplicação do Kit covid ”, o que caracteriza assédio moral institucional. Por fim, a CPI também coloca que a operadora possui taxas de letalidade elevada entre os pacientes hospitalizados com Síndrome Respiratória Aguda.

De acordo com o relatório, apresentado nesta segunda-feira, Fernando Parrillo incorreu no crime de omissão de socorro na medida em que negou o devido atendimento médico aos pacientes e os enviou  medicamentos comprovadamente ineficazes do chamado “kit Covid” .

Já Eduardo Parrillo, deve responder também por omissão de socorro e por crime contra a humanidade, por ter promovido pesquisas em seres humanos sem a devida observância de normas legais, expondo a vida e saúde dos beneficiários que não tinham conhecimento de serem cobaias.

Leia Também

Também foram recomendados indiciamentos dos médicos e demais funcionários que participam do Pentágono, departamento onde eram referendadas as principais diretrizes da empresa, e dos que assinam o protocolo de manejo clínico da Covid-19 e o pré-print da pesquisa sobre a eficácia da hidroxicloroquina para o tratamento do coronavírus.

Em nota, a Prevent Senior disse que contesta o relatório, as sugestões de indiciamentos e reafirma ter total interesse em que investigações técnicas, sem contornos políticos, possam restabelecer a verdade dos fatos.

“A direção da Prevent Senior, seus mais de 3 mil médicos e 12 mil colaboradores seguirão trabalhando para prestar atendimento de excelência aos seus mais de 550 mil beneficiários, como tem feito ao longo dos seus 25 anos de existência, sem qualquer vínculo político.”

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários