Deputada Tabata Amaral denunciou presidente da Fundação Cultural Palmares
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - 15.10.2019
Deputada Tabata Amaral denunciou presidente da Fundação Cultural Palmares

A 15ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal aceitou uma queixa-crime movida pela deputada Tabata Amaral (PSB-SP) contra o presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, por difamação e injúria . A denúncia foi recebida na última segunda-feira (7).

Em outubro, Camargo compartilhou em suas redes sociais uma mensagem supostamente escrita no Twitter pela deputada, direcionada ao presidente Jair Bolsonaro: "Deixa eu menstruar, Bolsonaro". A publicação também continha uma suposta resposta do chefe do Executivo federal: "E quando foi que eu proibi?". Tabata indicou nunca ter publicado tal conteúdo no Twitter e  acusou Camargo de compartilhar fake news com o objetivo de desmoralizá-la e ridicularizá-la.

Após a imprensa noticiar que a deputada acionaria a Justiça contra o presidente da fundação, ele teria usado novamente as redes sociais para atentar contra sua honra.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários