Bolsonaro: Popularidade melhora entre beneficiários do Auxílio Brasil
Reprodução
Bolsonaro: Popularidade melhora entre beneficiários do Auxílio Brasil

Uma pesquisa realizada pela Consultoria Quaest e a Genial Investimentos - divulgada nesta quarta-feira (12) - mostra os efeitos eleitorais da implementação do  Auxílio Brasil na popularidade do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Nos beneficiários que recebem até dois salários mínimos, e possuem algum membro familiar recebendo o benefício, a avaliação negativa do mandatário caiu 10 pontos percentuais. Em novembro, 63% consideravam ruim/péssimo e o número caiu para 53% em janeiro deste ano.

Entre aqueles que consideram a gestão do governo Bolsoanro como positiva, o percentual subiu de 13% para 17%. Sua avaliação regular também melhorou e passou de 22% para 28%.

A pesquisa também mostra que a rejeição ao presidente diminuiu nas duas regiões mais pobres do país - Norte e Nordeste. Entre dezembro e janeiro, estas foram as duas únicas regiões que contabilizaram uma queda na avaliação negativa do governo federal.


Na região Norte, a avaliação negativa de Bolsonaro passou de 50% para 42%. Em contrapartida, as positivas foram de 20% para 25%. No Nordeste, a rejeição diminuiu 5 pontos percentuais e foi de 61% para 56%. As positivas subiram na mesma intensidade e foram de 14% para 19%.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários