Weintraub anuncia retorno ao Brasil em vídeo com ataque a Doria
Agência Brasil
Weintraub anuncia retorno ao Brasil em vídeo com ataque a Doria

ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, publicou nas suas redes sociais um vídeo onde anuncia que retornará ao Brasil no próximo sábado (15). A 'revelação' foi feita em uma publicação que também ataca o atual  governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Confira:


Nos primeiros segundos, é possível ouvir Weintraub dizendo: "Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia". A fala é uma referência a reunião ministerial realizada no dia 22 de abril, em que Abraham pede a prisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na sequência, a palavra 'lockdown' se sobrepõe ao termo "ditadura no Brasil". Neste momento, uma série de umagens de poiciais realizando apreensões são retratados no vídeo.

Weintraub se manifesta na publicação. Após anunciar a data de seu retorno ao país, o ex-ministro diz que não veio "para o jogo, vim para lutar".

Leia Também

O trecho pode ser entendido como uma possível participação do político nas eleições de 2022. Por mostrar uma imagem do governador de São Paulo, João Doria, com uma máscara e um microfone na mão, há a sinalização de que o político pode tentar desbancar o partido tucano no comando do Palácio dos Bandeirantes.


Atualmente, Weintraub não pode disputar um cargo pois não está filiado a um partido político. Mesmo elegível, a condição é requisito fundamental para a disputa de cargos eletivos. Em novembro, o blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio havia convidado Abraham para se filiar ao PMN (Partido da Mobilização Nacional).

"Quero fazer um convite público ao meu amigo, o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub: você é bem-vindo para ser candidato ao governo do estado [de São Paulo]", afirmou em um vídeo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários