Em nova pesquisa, Bolsonaro aparece como 'ruim ou péssimo' para 57%
Reprodução
Em nova pesquisa, Bolsonaro aparece como 'ruim ou péssimo' para 57%

Em mais uma pesquisa divulgada pelo PoderData, nesta quinta-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro (PL) entrou em 2022 no mesmo patamar de avaliação dos meses anteriores, o que indica uma tendência de estabilidade. A pesquisa  mostrou 57% dos entrevistados o consideram "ruim ou péssimo". Apenas 24% o consideram "bom ou ótimo".

A taxa "ruim/péssimo" é a mesma registrada há 15 dias. Já os números de "bom/ótimo" oscilou 1 ponto para cima. Além destes números, 14% consideram o trabalho de Bolsonaro "regular".

A pesquisa foi realizada por meio de ligações telefônicas. Foram 3.000 entrevistas em 501 municípios nos 27 estados, de 2 a 4 de janeiro de 2021. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Mais detalhes 

O presidente tem suas maiores taxas de "bom/ótimo" entre homens (30%), pessoas de 60 anos ou mais (30%), na região Sul (32%) e entre os que ganham de 2 a 5 salários mínimos (31%).

Já pelo lado negativo, tem os maiores níveis de "ruim/péssimo" entre quem tem 25 a 44 anos (64%), quem cursou ensino superior (68%) e na região Nordeste do país (70%).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários