Bolsonaro descredibiliza pesquisas eleitorais:
Reprodução/redes sociais
Bolsonaro descredibiliza pesquisas eleitorais: "Estão compradas"

presidente Jair Bolsonaro (PL) esteve no Guarujá, litoral de São Paulo, na última quarta-feira (23) e afirmou a apoiadores e jornalistas que as pesquisas eleitorais não são confiáveis.

Ao ser questionado sobre as fracas aparições nos levantamentos, o mandatário afirmou: "Você ainda acredita em pesquisa? Pelo amor de Deus". Após ser indagado se as pesquisas de intenções de voto estavam erradas, o presidente ressaltou: "Erradas não, estão compradas".

No último dia 20, o Instituto Ipesp divulgou a sua mais recente pesquisa eleitoral. Nela, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida ao Planalto em 2022 e obteve 44% das intenções de voto. Bolsonaro, pouco mais da metade, com 24%.

O Instituto Datafolha também divulgou seu levantamento no último dia 16 e os resultados foram semelhantes. Lula tem 48% da preferência do eleitorado, enquanto Bolsonaro aparece com 22%.

Leia Também

Já o Ipec, em 14 de dezembro, divulgou a sua pesquisa com Lula à frente dos demais candidatos com 48% das intenções de voto. Bolsonaro aparece 27 pontos percentuais atrás do petista, com 21% dos votos - caso as eleições fossem neste mês de dezembro.


A fala foi realizada enquanto o presidente esteve no Forte dos Andradas. No local, Bolsonaro - junto a sua comitiva - descansa desde a última sexta-feira (17). O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e o ex-ministro do Meio-Ambiente, Ricardo Salles, acompanhavam o chefe do Executivo federal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários