Luciano Hang
Reprodução/redes sociais
Luciano Hang

O empresário bolsonarista Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, elogiou o ex-juiz federal Sergio Moro, que é desafeto do presidente Jair Bolsonaro (PL). Pelo twitter, Hang parabenizou o ex-ministro da Justiça “por se posicionar contra as mentiras faladas pelo Lula”, uma referência ao ex-presidente petista. Na tarde de quarta-feira, Moro fez um vídeo rebatendo as declarações feitas por Lula em uma entrevista, na qual disse que a Lava-Jato "quebrou a Petrobras".

“A lava-jato mostrou a corrupção instalada nas empresas públicas, durante o governo do PT. Parabéns Moro por se posicionar contra as mentiras faladas pelo Lula, durante uma entrevista, nesta quarta-feira. Veja o vídeo”, escreveu Hang, compartilhando o vídeo.

Tanto Lula quanto Moro e Bolsonaro vão disputar as eleições presidenciais em 2022. O presidente e seu ex-ministro romperam as relações após o ex-juiz federal deixar o governo, no ano passado, alegando que o Bolsonaro tentava interferir na Polícia Federal.

A postagem de Hang dividiu opiniões entre apoiadores de Bolsonaro. Na publicação bolsonarista, o médico bolsonarista Marcos Falcão questionou: “está ficando esclerosado, elogiando esse traíra oportunista?”.

Leia Também

Em resposta, um outro apoiador do presidente disse: “calma, Marcos, não é bem assim que devemos falar com Luciano, ele nosso aliado”.

Hang e Bolsonaro são aliados próximos. O empresário chegou a ser apontado pela CPI da Covid, no Senado, como integrante do chamado “gabinete paralelo”, que aconselhou o governo na crise sanitária às margens do Ministério da Saúde e defendia o uso de tratamentos ineficazes contra o coronavírus.

Na noite de quarta-feira, o presidente afirmou que demitiu funcionários do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) após o órgão federal ter interditado a obra de construção de uma unidade das lojas Havan.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários