Blogueiro Allan dos Santos e Jair Bolsonaro (PL)
Reprodução/redes sociais
Blogueiro Allan dos Santos e Jair Bolsonaro (PL)

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) bloqueou R$ 1,2 milhão de canais bolsonaristas investigados por disseminar "fake news" e ataques ao sistema de votação brasileiro. Segundo consta no processo, o valor seria repassado pelas redes sociais para canais, páginas e sites bolsonaristas e são oriundos de monetização e propaganda.

De acordo com informações obtidas pela TV Globo , a verba bloqueada está depositada numa conta judicial até o fim das investigações. Além disso, a PF trabalha para identificar os financiadores e quem está por trás da divulgação em massa das notícias falsas.

Pelo menos 11 apoiadores do presidente Jair Bolsonaro foram afetados pela ordem, entre eles o blogueiro Allan dos Santos , que é alvo de uma ordem de prisão e um pedido de extradição determinado pelo Supremo Tribunal Federal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários