Lula dispara, Bolsonaro recua e Moro se solidifica como 'terceira via' em nova pesquisa
Reprodução
Lula dispara, Bolsonaro recua e Moro se solidifica como 'terceira via' em nova pesquisa

O instituto de pesquisa Atlas Político divulgou na última terça-feira (30) sua mais nova pesquisa referente as eleições presidenciais de 2022. Nela, o  ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) segue com uma tendência de alta nas intenções de voto e alcança os 42,8% da preferência do eleitorado.

Atual mandatário,  Jair Bolsonaro (PL) segue em tendência de queda e passa a ter 31,5% dos votos válidos. O  ex-juiz Sergio Moro (Podemos) passou a figurar entre os candidatos e encontra-se na terceira colocação, com 13,7% das intenções de voto - o dobro do quarto colocado. Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB) conquistam 6,1% e 1,7% dos aptos a votar.

O candidato petista registra um crescimento constante nas pesquisas desde o início do ano. Em janeiro, sua intenção de voto encontrava-se em 22,3%. Passou para 27,4% em março; 33,2% em maio; 39,1% em julho; 40,6% em setembro e alcança 42,8% em novembro.

Já Bolsonaro encontra dificuldade em manter sua base de votos. Desde maio o atual mandatário não apresenta crescimento nas intenções de voto. Seu pico havia sido os 37% da preferência eleitoral em maio, seguido por 35,9% em julho; 34,5% em setembro; e 31,5 em novembro.

Leia Também

Em um eventual segundo turno, Lula venceria qualquer candidato que com ele disputasse a corrida ao Planalto. Contra Bolsonaro, vitória do petista por 14,5 pontos percentuais - 50,5% contra 36%. Já contra Sergio Moro, Lula derrota o ex-juiz por 17,2% - 46,4% contra 29,2%.


Caso Bolsonaro fosse ao segundo turno, venceria apenas um confronto contra o  governador de São Paulo, João Doria, por 1% dos votos válidos - 34,7% do tucano contra 35,7% do capitão do Exército. Contra Lula, Ciro e Moro, o militar não alcançaria sua reeleição.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários