Lula e Alckmin: PT e PSB costuram possível chapa presidencial, diz jornalista
Reprodução
Lula e Alckmin: PT e PSB costuram possível chapa presidencial, diz jornalista

Cacíques partidários de PT e do PSB articulam para unir duas figuras políticas na próxima disputa presidencial: o  ex-presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva (PT); o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), como vice do petista. As informações são da jornalista Mônica Bergamo.

As tratativas para que a união envolvem nomes das principais lideranças das siglas e já ocorrem há certo tempo. Porém, nas últimas semanas, as negociações se intensificaram.

Um dos obstáculos que joga contra a possibilidade da dupla se unir para o próximo ano é o tempo. Isso porque, para que a ideia se concretize, tanto Lula quanto Alckmin precisam ser convencidos de que a chapa pode funcionar - ou seja, não apenas vencer, mas ambos governarem em sintonia.

Após o acordo entre os participantes, o Partido dos Trabalhadores precisaria formalizar uma aliança ao PSB para que o partido 'guardasse' a vaga de vice à sigla socialista.

Leia Também

Já Alckmin, possui conversas avançadas com outros partidos, como o PSD de Gilberto Kassab, para se lançar candidato ao governo do estado de São Paulo e concorrer ao Palácio dos Bandeirantes.


A avaliação dos petistas é a de que a imagem de Alckmin é a última remanescente do histórico PSDB, de Mário Covas e Franco Montoro. Ou seja, reforçando valores democráticos aliado a atenção aos problemas sociais do país.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários