Braga Netto é ministro da Defesa
Agência Brasil
Braga Netto é ministro da Defesa

O ministro da Defesa, Walter Braga Netto, terá que ir ao Senado explicar as investigações abertas contra integrantes da Força Aérea Brasileira (FAB) filiados ao PT.

Segundo a coluna da jornalista Bela Megale n'O Globo, a solicitação foi feita pelo senador Jaques Wagner (PT-BA) após uma reportagem que revelou que os militares viraram alvos de um 'Procedimento de Apuração e Transgressão Disciplinar' por estarem com filiações ativas no partido.

"Serve o presente requerimento para esclarecer e afastar, o quanto possível, os riscos de que opiniões e ideologias políticas afetem as Forças Armadas quando no desemprenho de sua função Constitucional, principalmente quanto ao desemprenho dos deveres constitucionais dos seus Comandantes", diz o pedido.

Wagner citou o artigo 142 da Constituição, que proíbe que militares da ativa sejam filiados a partidos políticos, mas chamou atenção, porém, que apenas vieram à tona procedimentos envolvendo as filiações ao PT. Algumas delas, estão ativas há mais de 15 anos, antes até da integração dos militares à corporação.

À jornalista, a FAB afirmou que as investigação também abrange militares filiados a outros partidos, mas não especificou quais. Sobre o timing dos procedimentos em filiações antigas, a Força Aérea não se manifestou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários