Deputada Joice Hasselmann (PSL-SP)
Reproducao / UOL
Deputada Joice Hasselmann (PSL-SP)

A deputada federal Joice Hasselmann (PSDB-SP) entrou com petição no Tribunal de Justiça do Distrito Federal contra o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) e pede uma indenização de R$ 30 mil por danos morais, segundo o colunista do jornal O Globo, Ancelmo Gois.

Após o acidente sofrido por Joice em sua residência, que teria acontecido em razão de medicamentos ingeridos pela deputada, o senador fez uma live em uma rede social e comentou o acidente de Joice dizendo que ela estaria dopada ou que foi agredida pelo marido: "Aquilo ali, das duas uma. Ou duas de quinhentos (Styvenson leva as mãos à cabeça, fazendo chifres) ou uma carreira muito grande (inspira, como se cheirasse cocaína). Ai ficou doida e pronto... saiu batendo".

Joice Hasselmann relatou ter sido vítima de uma agressão na noite do dia 17 de julho. Ela afirma que assistia a uma série em seu apartamento funcional, em Brasília, quando teve um lapso de memória e acordou no dia seguinte sobre uma poça de sangue, sem se lembrar o que tinha acontecido. A deputada sofreu cinco fraturas na face e uma na coluna.

No dia 13 de agosto, a Polícia Civil do Distrito Federal concluiu que a deputada caiu, possivelmente em decorrência de efeitos de remédio para dormir.

Filiação ao PSDB e desentendimento com filho de Covas

Na última semana, Joice Hasselmann se filiou ao PSDB . Ela foi eleita pelo PSL em 2018, mas deixou a sigla. A mudança incomodou Tomás Covas, filho do ex-prefeito de São Paulo Bruno Covas , morto em maio. Tomás disse que a filiação era uma vergonha ao partido.

No dia seguinte,  os dois foram vistos almoçando juntos em um restaurante em São Paulo, segundo informações da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários