Cristiane Brasil foi um dos nomes anunciados para expulsão do partido
Reprodução
Cristiane Brasil foi um dos nomes anunciados para expulsão do partido

O PTB anunciou que expulsará a filha Roberto Jefferson e ex-deputada Cristiane Brasil , o pastor Fadi Faraj e o  blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio do partido, nessa quarta-feira (6).  Jefferson está preso por determinação do ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF) e é presidente nacional da legenda.


De acordo com nota do PTB, Faraj ocupava a presidência da sigla no Distrito Federal e segue em processo de expulsão após realizar ataques contra o partido na internet, além de ser acusado de disseminar fake news.

"O pastor fomentou a disseminação de fake news em vídeos e publicações em blogs locais, no qual espalha calúnias relacionadas à conduta da legenda, fato constituído como crime. Ademais, Faraj utilizou das redes institucionais do PTB do DF para tais atos. De acordo com Artigo 138 do Código Penal Brasileiro, a calúnia faz parte do conjunto de crimes contra a honra, junto com a injúria e a difamação", afirma a nota.

Leia Também

O pastor e Eustáquio ainda vão responder por "disseminação de fake news sobre o partido, em especial, contra a Vice-Presidente Graciela Nienov".

Cristiane Brasil, presidente do partido, respondeu ao anúncio. "Quero ver, rsrs", escreveu em uma publicação nas redes sociais, apagada em seguida.

Em meio a especulações sobre sua expulsão, Cristiane respondeu: "Não serei expulsa do PTB que é da minha família há quatro gerações. Eu escrevi esse estatuto (do partido) e se meus direitos foram negados vou recorrer na Justiça", afirmou a ex-parlamentar nessa quarta. "Se estou combatendo tirania contra meu pai, não vou deixar de combater no partido".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários