Ex-presidente Lula
Lula Marques/Agência PT
Ex-presidente Lula

ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o PT "não presta em algumas coisas", mas que é "preciso consertar", durante evento virtual da Escola Nacional de Formação do partido. As informações são da revista Veja .

"O PT tem todos os defeitos que a gente quer que ele tenha. Assim como a minha companheira Maria Hermínia Tavares diz, 'o PT tem defeito, não presta em algumas coisas, mas é o meu partido'. E, se tem defeito, eu vou consertar e fazer ser perfeito. O que não posso é abandonar a cada tropeço", afirmou Lula, sem citar em quais pontos a sigla precisa melhorar.

Na ocasião, o ex-presidente afirmou que tem uma "dívida" com o povo brasileiro e que deseja investir no salário, educação e qualidade de vida.  Lula lidera as pesquisas de intenção de voto para as eleições à Presidência da República em 2022. 

"O PT não tem que ter medo de falar a linguagem do pobre, do negro, do índio, do desempregado, da classe média operária, da classe média bancária, do profissional liberal. A gente não tem que ter medo de defender essa gente. Se a gente começar a achar que a gente tem que ter discurso mais sofisticado, a gente vai virar um partido comum, e a gente vai acabar", acrescentou, fazendo um aceno às bases do partido.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários