Gilson Machado, ministro do Turismo
Reprodução: governo federal
Gilson Machado, ministro do Turismo

Após o ministro da Saúde,  Marcelo Queiroga, testar positivo para a Covid-19 nesta terça-feira, o ministro do Turismo do governo de Jair Boslonaro , Gilson Machado, alimentou a guerra política do governo contra João Doria e a CoronaVac. 

“Quem deveria pagar as diárias de Queiroga em Nova York, o governo federal ou o fabricante das vacinas que ele tomou e da máscara que ele usou?”, questionou Machado a Veja.

Queiroga, depois de ter tomado as duas doses da CoronaVac, testou positivo para Covid-19 nesta semana nos Estados Unidos.

Segundo especialistas, nenhuma vacina disponível no país é 100% capaz de conter de impedir a contaminação pelo vírus, no entanto, a imunização completa minimiza a gravidade dos efeitos da Covid-19. 

A vacina do Instituto Butantan, a primeira aplicada no país, foi muito comemorada por João Doria. Contudo, Bolsonaro sempre criticou a eficácia do imunizante produzido pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários