Bolsonaro em sua primeira aparição pública desde 7 de setembro, em Esteio, Rio Grande do Sul
Reprodução
Bolsonaro em sua primeira aparição pública desde 7 de setembro, em Esteio, Rio Grande do Sul

Em sua primeira manifestação pública após os atos antidemocráticos de 7 de setembro , o presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado (11) que não é fácil ocupar a presidência da República.

"A vida de presidente não é fácil, se alguém quiser trocar comigo, troco agora", disse Bolsonaro em Esteio (RS), onde participou da 44ª edição da feira agropecuária Expointer e recebeu a Medalha do Mérito Farroupilha da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul.

Ao comentar os atos de 7 de setembro, o presidente disse ainda que "Muitos poderiam achar que foi um momento de glória para mim. Quero dizer, não o contrário, mas um pouco diferente disso".

Dois dias após intensificar os ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) nos atos públicos de apoio ao seu governo, o presidente recuou e divulgou a carta à nação, manifesto redigido juntamente com seu antecessor, Michel Temer , sugerindo que respeita a Constituição e a separação dos Três Poderes.

Neste sábado, após recuar e irritar apoiadores , que não esperavam que o presidente fosse mudar sua posição logo após a demonstração pública, Bolsonaro voltou a repetir que não é fácil ser presidente, desta vez sugerindo que trocaria sua posição com qualquer outra pessoa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários