João Doria (PSDB), governador de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
João Doria (PSDB), governador de São Paulo

Durante coletiva nesta quarta-feira (08), o governador  João Doria (PSDB), disse que está avaliando se estará presente nas manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro no próximo dia 12. 

O governador reforçou que o fato de simpatizar com as manifestações não é somente sobre questões políticas, mas sobre defender a Constituição, a liberdade e a democracia. 

"Como cidadão, como brasileiro, defendo e apoio todos que se manifestarão, seja em São Paulo, seja em qualquer outra cidade do país, no próximo dia 12, a favor da democracia, a favor da liberdade, a favor da Constituição, e favor, principalmente, da maioria expressiva dos brasileiros", disse. 

Doria não confirmou se estará presente na manifestação. De acordo com ele, sua presença ou não, "ainda está em avaliação".

Os atos contra o governo de Jair Bolsonaro estão programado para o dia 12 setembro, na Avenida Paulistas, em São Paulo. Os protestos foram convocados pelo Movimento Brasil Livre (MBL) junto com outros grupos e partidos de centro e centro-direita. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários