Eduardo Bolsonaro diz que presidente vai pedir impeachment de ministros do STF
Reprodução
Eduardo Bolsonaro diz que presidente vai pedir impeachment de ministros do STF

O deputado e filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), endossou a afirmação do pai de que o  Palácio do Planalto vai entrar com ações na justiça contra os ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo Eduardo, o presidente vai pedir o impeachment dos integrantes da corte.

"Presidente Bolsonaro levará semana que vem ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), pedidos de impeachment de Barroso e Alexandre de Moraes, conforme prevê o art. 52 da Constituição", escreveu o deputado no Twitter.

Mais cedo, Bolsonaro anunciou que levará ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), um pedido para que abra os procedimentos contra os ministros do STF. Segundo o presidente, ambos "extrapolaram com atos os limites constitucionais".

Bolsonaro, entretanto, não diz quais atos que teriam agredido a Constituição. "O povo brasileiro não aceitará passivamente que direitos e garantias fundamentais (art. 5ª da Constituição), como o da liberdade de expressão, continuem a ser violados e punidos com prisões arbitrárias", escreveu o presidente em uma rede social.

A declaração ocorre um dia após a prisão do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, que teve sua prisão decretada pelo ministro Alexandre de Moraes. Roberto Jefferson era um importante aliado do bolsonarismo em Brasília e representava a ala mais ideológica.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários