Luís Roberto Barroso é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
O Antagonista
Luís Roberto Barroso é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Os ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), conversaram na manhã deste sábado (14) após ameaças do presidente Jair Bolsonaro em rede social.

Bolsonaro afirmou que irá pedir uma ação contra os ministros do Supremo ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) . Alexandre de Moraes é relator do inquérito que investiga as milícias digitais, e pediu a prisão de Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB e aliado de Bolsonaro , na última sexta-feira (13). 

Luís Roberto Barroso é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e segundo Bolsonaro, o magistrado teria interferência nos debates sobre o tema do voto impresso na Câmara dos Deputados. Essa foi mais uma derrota de Bolsonaro e seus aliados no Legislativo.

Os magistrados interpretam que o Bolsonaro tenta intimidar o STF e confiam que o presidente do Senado não aceitará pedidos de impeachment por ameaça. Segundo Guilherme Amado, colunista do Metrópoles, os ministros não se abalaram.

Ameaças

Alexandre de Moraes é relator do inquérito que investia milícias digitais
Reprodução
Alexandre de Moraes é relator do inquérito que investia milícias digitais

Em sua conta no Twitter, o presidente da República se manifestou afirmando que os magistrados ‘extrapolam os limites constitucionais’. “Na próxima semana, levarei ao Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), um pedido para que instaure um processo sobre ambos”, afirmou Bolsonaro, sem mencionar diretamente a prisão de Roberto Jefferson nesta sexta-feira.

“O povo brasileiro não aceitará passivamente que direitos e garantias fundamentais, como o da liberdade de expressão, continuem a ser violados e punidos com prisões arbitrárias, justamente por quem deveria defendê-los”, escreveu o presidente da República.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários