Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ) e Renan Calheiros (MDB-AL)
Montagem iG / Pedro França/Agência Senado e Jefferson Rudy/Agência Senado
Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ) e Renan Calheiros (MDB-AL)

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) representou contra Renan Calheiros (MDB-AL) na Procuradoria-Geral da República alegando abuso de autoridade por conta da atuação do adversário político como relator da CPI da Covid . No texto, Flávio se diz vítima de 'perseguição' de Renan, que comandaria uma 'CPI paralela' com objetivo de escrutinar sua vida.

"O representado (Renan) designou um grupo de pessoas com a incumbência de investigar — PARALELAMENTE aos atos da própria Comissão Parlamentar de Inquérito — a atuação profissional, social e pessoal do representante (Flávio)", diz trecho da representação movida pelo filho do presidente da República.

A ação foi movida por Flávio Bolsonaro dois dias após ingressar com texto semelhante no Conselho de Ética do Senado contra Renan Calheiros .

Procurado, Renan Calheiros ainda não se manifestou sobre o assunto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários