Presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM)
Divulgação/Agência Senado/Edilson Rodrigues
Presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM)

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), disse hoje que Bolsonaro  — internado com quadro de obstrução intestinal — não é super-homem e que sua equipe usa sua doença para "tentar captar carinho". O senador ainda criticou o filho 02 do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

"Não acho justo mostrarem imagens que nem filmes de terror mostrariam. Isso chega a espantar. O que essas pessoas são capazes de fazer? Isso é insano, usar a dor e sofrimento deste momento do Bolsonaro para tentar captar carinho… Queremos ele bem. Mas esse tipo de comportamento leva a crer que é isso", disse em entrevista à GloboNews.

"Aí vem um irresponsável qualquer tirando proveito da situação que o pai está querer ofender a CPI. Um garoto desse precisa ter responsabilidade. Quero discutir, debater com o presidente em plena forma. É um adversário político, mas aí desejar mal?", continuou o senador, em referência a Carlos Bolsonaro.

Internado desde quarta-feira (14), Bolsonaro tem compartilhado imagens de sua recuperaçã o, o que tem levantado críticas negativas por suposto uso político e eleitoral de sua situação clínica.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários