Ridauto Fernandes participa de audiência de comissão do Senado
reprodução/tv senado
Ridauto Fernandes participa de audiência de comissão do Senado

O general da reserva Ridauto Fernandes foi nomeado nesta quarta-feira como diretor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde. O cargo estava vago desde a semana passada, quando o então diretor, Roberto Ferreira Dias, foi exonerado pela suspeita de ter cobrado propina em uma negociação de compra de vacina .

Fernandes já atuava como assessor do Departamento de Logística desde janeiro, quando foi nomeado pelo então ministro Eduardo Pazuello. Na semana passada, após a exoneração de Dias, ele foi escolhido como substituto do diretor. Agora, foi oficializado no cargo.

Dias prestará depoimento nesta quarta-feira na CPI da Covid . Na semana passada, o policial militar Luiz Paulo Dominghetti disse à comissão que o então diretor cobrou propina para viabilizar a compra de 400 milhões de doses da vacina AstraZeneca. Dias nega a acusação.

Em janeiro, o GLOBO mostrou que Fernandes já defendeu que o presidente Jair Bolsonaro fizesse uma intervenção nos estados e até declarasse estado de sítio para determinar as regras de circulação durante a pandemia de Covid-19.

Você viu?

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários