Partido Novo divulgou em seu site o novo posicionamento referente a interrupção do goevrno Jair Bolsonaro
Rovena Rosa/Agência Brasil
Partido Novo divulgou em seu site o novo posicionamento referente a interrupção do goevrno Jair Bolsonaro

Através de uma nota oficial em seu site, o Partido Novo oficializou seu posicionamento favorável ao  impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a tarde desta segunda-feira (05). Nele, a sigla ressalta que "Bolsonaro cometeu diversos crimes de responsabilidade previstos na Lei Federal nº 1.079/50".

Na defesa da sua nova posição, o partido alega que houve "omissões e péssimas ações na gestão da pandemia, sobretudo no descaso com a aquisição das vacinas", além de listar os artigos da lei de responsabilidade os quais Bolsonaro infringiu.

Outro ponto abordado pela sigla são os "fortes indícios de prevaricação em denúncia de esquema de corrupção na compra do imunizante Covaxin" e as "interferências na Polícia Federal, Ministério da Justiça e na ABIN".

Diferentes políticos eleitos pelo Partido Novo manifestaram seu apoio à medida tomada pela sigla. Vinicius Poit, deputado federal, declarou que "falta esclarecimento" sobre o "uso de instituições pra fins pessoais e escândalos de vacinas são algumas das suspeitas de crimes do PR."


Daniel José, deputado estadual de São Paulo, citou o "descaso na gestão da pandemia ", "fortes indícios de prevaricação" e o "aparelhamento das instituições." Fernando Holiday, vereador da capital paulista ressalta que é "momento de escolher entre o que é fácil e o que é certo."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários