Live do presidente Jair Bolsonaro desta quinta (1º)
Reprodução/redes sociais
Live do presidente Jair Bolsonaro desta quinta (1º)

Nesta quinta-feira (1º), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender o voto impresso em transmissão ao vivo e disse que a decisão do ministro do STF, Alexandre de Moraes , de abrir novas  investigações sobre uma suposta organização criminosa de fake news é uma retaliação por seu posicionamento em relação a reforma eleitoral. 

Na live, Bolsonaro defendeu o  voto impresso nas eleições de 2022 e disse que dinheiro não seria um problema. "Não podemos enfrentar as eleições do ano que vem com essas urnas eletrônicas", disse o presidente. 

"Como retaliação, com toda certeza, o Alexandre de Moraes mandou investigar duas deputadas e o Flávio, meu filho senador e o Carlos também". 

Na tarde desta quinta (1º), Moraes abriu novas investigações para apurar uma suposta organização criminosa cujos passos foram detectados pela Polícia Federal. Nos autos, a PF nomina como integrantes do núcleo político desse grupo dois filhos do presidente Jair Bolsonaro: o senador Flávio Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro. 

As deputadas federais bolsonaristas, Paula Belmonte e Aline Sleutjes também são investigadas por caixa dois e uso irregular de servidores. 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários